Publicidade

Arquivo da Categoria Sem categoria

sábado, 27 de agosto de 2011 Sem categoria | 08:08

MUDANÇA DE ENDEREÇO

Compartilhe: Twitter

Para acessar o novo blog do Gian, clique aqui.

Autor: Tags:

terça-feira, 17 de agosto de 2010 Sem categoria | 11:41

A escolha de Hernanes

Compartilhe: Twitter

Contratado pela Lazio por cerca de 13 milhões de euros, o meio-campista Hernanes, ex-São Paulo e hoje jogador da seleção brasileira, não escondeu: “Conheço pouco sobre o time, mas vou me informar. Perguntei ao André Dias [brasileiro da Lazio] e ele só me falou coisas boas: que a Lazio é organizada e que Roma é um cidade linda para se viver!”.

Roma, de fato, é linda e deliciosa para se viver. Já quanto à Lazio…  Hernanes talvez não saiba, mas chegará num clube conturbado, com um presidente duramente questionado. Encontrará um time que passou boa parte do último campeonato brigando para não cair e que pouco se reforçou, motivo pelo qual o quarto lugar que o brasileiro estipulou como meta em sua chegada parece utopia.

“Além da capacidade técnica, ele tem uma personalidade que entusiasmará a torcida”, disse Claudio Lotito, o questionado presidente, sobre seu novo reforço. Tem razão. Tanto que, hoje, o time da capital italiana parece ser um destino aquém da qualidade de Hernanes. 

“Eu posso fazer a diferença”, garantiu o jogador. Não só pode como terá, se quiser cumprir seu objetivo. Caso contrário, Hernanes conhecerá apenas o lado bom de viver em Roma. E talvez se arrependa de ter se informado pouco sobre o clube ao qual chega.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 Sem categoria | 12:22

9 entre 100

Compartilhe: Twitter
Santon: jovem surpresa na lista da FourFourTwo

Santon: surpresa na lista da FourFourTwo

São 9 os jogadores italianos na lista dos 100 melhores da atualidade divulgada na edição de novembro da conceituada revista inglesa FourFourTwo. A eles:

30º – De Rossi (Roma)
35º – Buffon (Juventus)
53º – Pirlo (Milan)
54º – Totti (Roma)
60º – Chiellini (Juventus)
67º – Cassano (Sampdoria)
77º – Gilardino (Fiorentina)
82º – Del Piero (Juventus)
99º – Santon (Internazionale)

Entre os 10 primeiros colocados da relação, apenas um joga no futebol italiano: Samuel Eto’o, da Inter, que ocupa a 9ª colocação. A Série A também fica atrás das ligas de Inglaterra e Espanha no número total de jogadores entre os 100: são 23, contra 33 da Premier League e 29 da Liga. Para saber mais sobre a relação, clique aqui.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 27 de outubro de 2009 Sem categoria | 11:01

Rock interista

Compartilhe: Twitter

César Arruda perguntou, no post de baixo, qual é a música que a torcida da Inter canta depois de marcados os gols da equipe. Aproveito o gancho para colocar a resposta neste post, com um videoclipe gravado durante um show na Arena de Verona. A música é “Urlando contro il Cielo”, de Luciano Ligabue. Que eu recomendo.

Neste outro vídeo, Ligabue, interista fanático, toca no San Siro na comemoração depois da conquista do scudetto 2007-08.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 25 de setembro de 2009 Sem categoria | 12:50

Menos que o máximo

Compartilhe: Twitter
Mattia Mustacchio (também não conheço) disputa bola com Francisco Silva

Mattia Mustacchio (também não conheço) disputa lance com o paraguaio Francisco Silva. Mas a bola ganhou (AFP)

Foi pouco empolgante, como já era de se esperar, o começo da seleção italiana sub-20 no Mundial da categoria. Um 0 x 0 com o Paraguai, onde um dos melhores italianos em campo foi o goleiro Fiorillo.

Digo “era de se esperar” porque a Itália não parece dar a importância devida a este torneio. A prova: Mario Balotelli e Davide Santon, da Inter, Federico Macheda, do Machester United, e Okaka Chuka, da Roma, são apenas alguns dos promissores jogadores italianos que ficaram de fora da lista de convocados para a competição — e que teriam idade para estar nela.

Não se trata de escolha do técnico Francesco Rocca, um ex-jogador da Roma e da seleção italiana que encerrou sua carreira com apenas 26 anos, por causa de uma lesão.

Trata-se, não pela primeira vez, de a Federação Italiana não considerar a competição como prioridade. Talvez por isso, aliás, os italianos nunca tenham superado as quartas-de-final do torneio — foi onde o time chegou em sua última participação no campeonato, em 2005, quando caiu eliminado por Marrocos, na disputa de pênaltis.

Do grupo que perdeu há pouco tempo (e injustamente, diga-se) da Alemanha na final do último Europeu sub-19, estão presentes apenas 7 jogadores.  

Destaques? Bom… Além do goleiro Fiorillo, o zagueiro Michelangelo Albertazzi (Milan), sobre quem há tempos vejo ser colocado o rótulo de “novo Baresi”, e o meio-campista Fabio Sciaca (Catania), que fez neste ano sua estreia na Série A, são dois candidatos a estrela dos Azzurrini.

Eles até podem vir a ser grandes jogadores. Mas não são, hoje, o máximo que a Itália poderia ter neste Mundial.
 
Veja a lista de convocados da seleção Italiana:
1 Vincenzo FIORILLO
2 Alessandro CRESCENZI
3 Antonio MAZZOTTA
4 Matteo GENTILI
5 Michelangelo ALBERTAZZI
6 Marco CALDERONI
7 Claudio DELLA PENNA
8 Andrea MAZZARANI
9 Umberto EUSEPI
10 Fabio SCIACCA
11 Gianvito MISURACA
12 Andrea GASPARRI
13 Francesco BINI
14 Matteo BRUSCAGIN
15 Vasco REGINI
16 Giacomo BONAVENTURA
17 Mattia MUSTACCHIO
18 Silvano RAGGIO
19 Marco ROMIZI
20 Piergiuseppe MARITATO
21 Antonio PICCOLO

E a agenda de jogos da primeira fase, que se encerra contra o anfitrião Egito:
25/9, sexta-feira – Paraguai 0 x 0 Itália
28/9, segunda-feira – Itália x Trinidad e Tobago
1º/10, quinta-feira – Itália x Egito

Ciao, Viola
Andrea della Vale, presidente da Fiorentina e principal responsável por levar o time de volta ao grupo dos grandes da Itália, pediu demissão do cargo nesta quinta-feira. Entre outras coisas, irritou-se com ameaças anônimas que recebeu durante a pré-temporada, com críticas ao modesto mercado do clube para este campeonato.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 24 de setembro de 2009 jogadores, Sem categoria, vídeos | 17:02

Tiro da meta

Compartilhe: Twitter

rafael(foto03B)Da série brasileiros que você nem sabia que estavam na Itália. Lembram desse cara ao lado, o goleiro Rafael, que esteve no Santos entre 2000 e 2004? Ele é, desde 2007, goleiro titular do Verona, que hoje joga em um dos grupos do torneio equivalente à terceira divisão do futebol italiano.

Além de ter o privilégio de morar em uma das cidades mais agradáveis da Itália, Rafael ainda pôde (não vou matar esse acento, scusate) viver seus minutos de fama na Itália, neste final semana, após a vitória de seu time por 2 x 0 sobre a Ternana, em jogo disputado no estádio Marc’antonio Bentegodi, em Verona.

É que ganhou destaque nas emissoras de TV da Itália o lance em que Rafael deu o passe para o segundo gol de seu time, aos 45 minutos do segundo tempo. Mesmo com o Verona vencendo por 1 x 0, o brasileiro se arriscou nos minutos finais e deixou a área (como uma vaca louca, se me permitem dizer) jogando com os pés. Mesmo pressionado, conseguiu tocar para o atacante Farias, que se aproveitou da ‘ausência’ do goleiro adversário (este sim com motivos para ter partido ao ataque) e não teve dificuldades para fazer o segundo gol do Verona. Assista:

E já que não é sempre que a gente fala da Terceira Divisão por aqui, vamos aproveitar: após cinco rodadas, o Verona está no 3º lugar do grupo B da Lega Pró-1. Quem terminar em 1º na chave, garante acesso direto à Série B. Quem ficar entre 2º e 5º disputa a repescagem. Para ver a classificação completa, clique aqui.

E não esqueci: mais tarde falo da 5ª rodada do ‘Italianão’.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 17 de agosto de 2009 campeonato italiano, milan, Sem categoria | 19:11

O Milan é bom. Só não é favorito

Compartilhe: Twitter


Pato vibra após gol contra a Juve: ele jogar um pouco mais do que no ano passado é uma das muitas condições pra esse Milan (que não é ruim como dizem) dar liga

Eu estava para escrever há algum tempo. Para não parecer oportunista, não queria fazê-lo justamente depois de o Milan ganhar, enfim, alguma coisa. Ainda que esta “coisa” seja o troféu Luigi Berlusconi, e nos pênaltis (clique aqui para ver como foi o triunfo sobre a Juve). Bom… mesmo parecendo oportunista, direi: há um baita exagero sobre o que se fala em relação às deficiências desse time.

É óbvio que hoje a Inter é o melhor time da Itália. Também é evidente que, ao lado da Juventus, a equipe nerazzura foi a que melhor contratou. E que isso faz de Inter e Juve, sem dúvida e para mim nesta ordem, os favoritos à conquista do Campeonato Italiano 2009-2010.

Mas daí a dizer que esse time do Milan é “muito fraco”, como tanta gente tem dito, vai um longo caminho.

Até é possível entender como e por que nasceram críticas tão contundentes. Recapitulemos:

Primeiro o Milan vende Kaká, seu melhor jogador, e por isso começa a temporada cercado de compreensíveis protestos da torcida. Ao contrário da Inter, que “trocou” Ibrahimovic por Eto’o,  o time demora para trazer um reforço  de peso e, quando o faz, anuncia Huntelaar — que, convenhamos, não empolga. Em meio a esse clima, e talvez esteja aí o motivo das críticas terem crescido tanto nas últimas semanas, o Milan coleciona uma sequência de 10 amistosos sem vitória (incluo na lista o jogo de hoje).

É evidente que as chances de o Milan vencer o próximo Italiano são menores das de Inter e Juventus. É evidente que a perda de Kaká, chegasse quem chegasse, seria muito sentida. Só não é evidente, para mim, que essa batelada de amistosos signifique alguma coisa (são tantos os exemplos de pré-temporadas passadas…). Assim como não é evidente que esse time do Milan é “muito fraco”, como já ouvi tanto, especialmente na imprensa brasileira.

Vale uma olhada na provável escalação titular da equipe de Leonardo:

Abbiati (Dida), Zambrotta, Thiago Silva, Nesta e Jankulovski; Gattuso, Pirlo e Flamini (Ambrosini); Pato, Huntelaar e Ronaldinho.

O amigo há de concordar, não é um time tão ruim assim (os goleiros, vá lá…). Pode-se criticar a idade dos laterais, mas, em termos de qualidade, é uma dupla superior, por exemplo, à da Juventus (Zebina e Molinaro). Na zaga, a dupla Thiago Silva e Nesta não deve nada a nenhuma outra da Itália (Mexes e Juan, talvez?). O meio-campo, que além dos três escalados (dois campeões do mundo) ainda conta com opções como Seedorf, Ambrosini e o promissor Abate, também não parece “muito ruim”. E no ataque, se o desempenho do trio ainda é uma incógnita (ao contrário do de Inzaghi, o grosso que sempre satisfaz), não há tantas dúvidas sobre sua qualidade técnica.

Esse Milan precisa dar liga. Precisa que o bom Thiago Silva dê certo e que Nesta esteja realmente recuperado de suas infinitas lesões (deu esperanças de estar). Precisa que seus veteranos, que ainda não são poucos, tenham condições de jogar toda uma temporada. Precisa que Pato faça só um pouco mais do que mostrou ser capaz de fazer na temporada passada. E que Ronaldinho jogue mais ou menos a metade do que já mostrou saber jogar.

Precisa de muita coisa, é verdade. Mas não é um time, pela qualidade dos jogadores que tem, que pode ser descartado de antemão, pelo menos no futebol italiano (e na Europa a vida é dura para todos os italianos).

O Milan só não é favorito. O que, por se tratar do Milan e do seu histórico — o clube mais vencedor dos últimos 20 anos no planeta —, acaba fazendo todo esse barulho. E virando, para alguns, um time “muito ruim”.

 PS: A vibração do Adriano Galliani e a expressão do Leonardo depois de Thiago Silva converter o pênalti decisivo contra a Juve mostraram que, para o Milan, o torneio de hoje era menos “amistoso” que para a Juve.

PS2: O Italiano está mesmo em baixa. Na enquete que está na home do iG Esporte, 45% dos internautas preferem o Espanhol; 35%, o Inglês; e apenas 18% optam pelo Italiano como “o preferido”. Dá pra entender…

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 14 de agosto de 2009 jogadores, juventus, le ragazze, Sem categoria | 11:45

Sobre o post abaixo

Compartilhe: Twitter

Ok, também não vamos perder o bom humor. Por isso mesmo vou reproduzir aqui, a respeito do último post, a resposta que recebi no meu Twitter do Leonardo Bertozzi, da Trivela (e agora companheiro de ESPN):

“@gianoddi é que o Buffon tem um argumento meio forte em casa, haha.”

O engraçadão se refere, claro, à mulher do Buffon, Alena Seredova. Pra quem não a conhece, ei-la:

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 31 de julho de 2009 inter, juventus, milan, roma, Sem categoria | 19:41

Os amistosos (ou quase)

Compartilhe: Twitter

AP

Ô, o lixo da Sky voltou! E eu consegui ver Juventus 2 x 1 Real Madrid, pela Copa da Paz.

Antes, rapidamente, quero dar uma passadinha no que a Gazzetta dello Sport destacou nessa sexta:

* Destacou, do amistoso Inter 1 x 0 Monaco, que a dupla Milito + Eto’o promete. Ambos jogaram um só tempo juntos, gol do argentino. “Você vão ver, será um belo entrosamento com o Principe”, disse o Eto’o. Pode até ser, mas, pelo que a gente conhece do camaronês, é bom o Milito não começar a brilhar muito mais…

* Destacou, depois de Milan 1 x 1 Boca Juniors (derrota italiana nos pênaltis), as ótimas antecipações do Thiago Silva, melhor do time de acordo com o jornal. Disse que Ronaldinho até foi bem, nota 6,5. E que Pato foi só desilusão, errando tudo, inclusive o pênalti decisivo.

* Destacou, com a manchete “c’è sempre Totti. E la Roma rimonta”, a virada da Roma por 3 x 1, sobre o Gent, pela Liga Europa (enfim, um campeonato!). O capitão foi o melhor do time, nota 7,5. Será um indício do trabalho de pré-temporada que, enfim, Totti conseguiu fazer como o resto do elenco? A conferir.

Sobre o amistoso entre Juventus e Real devo dizer, antes de tudo, que não aguento mais esses amistosos e não vejo a hora dos campeonatos de verdade começarem. Que é engraçado ver justamente o Cannavaro fazendo gol contra seu ex-time, onde não jogou nem metade daquilo que jogara no Mundial de 2006. Que a Juventus ganhar do Real Madrid, convenhamos, não é nenhuma novidade. Que dá gosto pensar que o Giovinco está prestes a estourar. Que a falta absolutamente estúpida do Grygera em cima do Cristiano Ronaldo poderia ter dado ao amistoso uma importância que ele jamais teria (por sorte, não deu). Que foi uma pena o Diego, machucado, não participar da partida para que nós, da previsível imprensa, pudéssemos anunciar o resultado do “duelo” entre o brasileiro e o português.

E agora chega. Já são mais linhas do que um amistoso, ainda que entre Juve e Real, merece.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 30 de julho de 2009 campeonato italiano, copa da uefa, le ragazze, Sem categoria | 18:29

Diego, Roma… e a porcaria da Sky

Compartilhe: Twitter

A gente já tem os “protocolos de atendimento” 771993535, 769917742, 772437476 e 770828219. Todos diziam que a porcaria da Sky voltaria a funcionar aqui na redação para a gente pode ver, por exemplo, o empate do Milan por 1 x 1 com o Boca Juniors (gol de Thiago Silva e derrota nos pênaltis, com erro de Pato).

Mas a porcaria da Sky não funciona. E, então, a gente continua sem poder comentar as partidas.

Deixarei de lado o jogo do Milan, portanto, para falar do azar de Diego.

Afinal, justo quando o cara tinha tudo para ser o grande destaque dos jornais esportivos da Itália por seu bom começo na Juventus, a bela e competente Federica Pellegrini começa a fazer o rapa de ouro no Mundial de Esportes Aquáticos e… Michael Schumacher volta a correr pela Ferrari! Concorrência desleal com os amistosos da Juve, convenhamos.

E, para não ficar sem imagens, coloquemos aqui uma para a qual não dependemos da porcaria da Sky. Que não tem nada a ver com futebol, é verdade. Mas que pode muito bem entrar no blog. Afinal, aqui, falamos de Itália. E já podemos considerar a Pellegrini uma das maiores atletas italianas de todos os tempos (ok, ok, não é só por isso…). Lá vai:

Reuters 


Liga Europa

E a Roma, com gols de Mexes, Totti e Vucinic, fez 3 x 1 em casa, de virada, sobre os belgas do Gent. O jogo marcou a estreia do time na Liga Europa, a ex-Copa da Uefa. Torneio que, tenho impressão, o clube da capital italiana não saberá valorizar.

Ontem mesmo, o técnico Luciano Spaletti disse que seus jogadores não deveriam “esnobar a Liga Europa”. E quando o técnico diz isso, além de refletir aquilo que sente nos seus jogadores, ele acaba, na minha opinião, reforçando a idéia de que o campeonato é “esnobável”. Com o que não concordo.

Eis uma imagem do jogo no estádio Olímpico, para a qual também não precisamos da porcaria da Sky:

Efe
É o ditado que diz, não eu: quem é Rei nunca perde a majestade


Tabela
E se o Campeonato Italiano perdeu muito espaço pro Inglês e pro Espanhol, pelo menos no começo da temporada não vai ficar tão pra trás assim. Afinal, ninguém vai ter clássicos como Milan x Inter e Roma x Juventus logo na segunda rodada, né? Para ver a tabela completa, divulgada ontem, clique aqui e vá ao site da Gazzetta dello Sport.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última