Publicidade

Posts com a Tag amistoso

terça-feira, 10 de agosto de 2010 azzurra, técnicos | 10:16

O ABC DA NOVA ITÁLIA

Compartilhe: Twitter

“Prandelli começa pelo ABC”. Foi este o título da Gazzetta dello Sport sobre a primeira convocação do novo técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli (foto), que fará hoje sua estreia pela Azzurra em um amistoso contra a Costa do Marfim, em Londres.

O “ABC” se refere a Amauri, Balotelli e Cassano. Três jogadores ignorados por Marcelo Lippi na última Copa do Mundo, mas que passam a representar a mudança de mentalidade no comando desta nova Itália.
 
O ítalo-brasileiro Amauri, que pela má fase que atravessava foi a ausência menos contestada pela opinião pública italiana na África, significa maior espaço a jogadores estrangeiros; a nova Itália deve, a partir de agora, abrir sua seleção aos oriundi, seguindo o modelo do que já é feito – com sucesso – pela Alemanha.
 
Balotelli, que com apenas 19 anos é uma das maiores promessas do futebol italiano, representa o olhar no futuro: em um país onde o temor de escalar jovens predomina até mesmo no campeonato nacional, ao convocar o polêmico Balotelli para a seleção principal, Prandelli indica que, em prol da qualidade, não terá medo de “queimar etapas”.
 
Já a convocação de Antonio Cassano, da Sampdoria, indica o óbvio: em uma seleção devem estar os melhores. Aos 28 anos, Cassano, se não é o melhor, está entre os três melhores jogadores do futebol italiano. Seu temperamento, por ora, não foi impedimento para sua convocação: “Na minha apresentação, quis apostar na qualidade”, justificou Prandelli.
 
Amauri não é craque. Balotelli e Cassano são malucos (beleza?). Os três, portanto, podem até não dar certo na seleção. Mas, nesta primeira convocação, são eles os símbolos da “nova Itália”.

A LISTA DE PRANDELLI

Goleiros:
Marchetti (Cagliari), Sirigu (Palermo), Viviano (Bologna)

Defensores
Antonini (Milan), Astori (Cagliari), Bonucci (Juventus), Cassani (Palermo), Chiellini (Juventus), Lucchini (Sampdoria), Molinaro (Stoccarda), Motta (Juventus)

Meio-campistas
De Rossi (Roma), Lazzari (Cagliari), Marchisio (Juventus), Montolivo (Fiorentina), Palombo (Sampdoria), Pepe (Juventus)

Atacantes
Amauri (Juventus), Balotelli (Inter), Borriello (Milan), Cassano (Sampdoria), Quagliarella (Napoli), Rossi (Villarreal)

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009 azzurra, fora dos campos, política | 16:23

Caso Battisti, de novo

Compartilhe: Twitter

Como este blog segue de perto o caso Battisti e sua repercussão no mundo da bola, não poderia deixar de linkar a matéria do iG Esporte consolidando tudo que já saiu sobre o tema relacionando esse imbróglio diplomático com o amistoso Brasil x Itália. É só clicar aqui para ler a matéria.

Em tempo: o Parlamento Europeu, como era de se esperar, acaba de aprovar a resolução de apoio à Itália no caso, e assim as consequências vão tomando proporções sempre maiores. Sei não, mas nesse duelo Brasil x Itália — o que será decidido pelo STF, não o de terça que vem — estou cada vez mais propenso a apostar na coluna 2. Façam as suas apostas.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 27 de janeiro de 2009 azzurra, opinião, política | 18:33

Sobre a polêmica, links

Compartilhe: Twitter

Demorou, mas houve quem cogitasse cancelar o amistoso marcado entre Brasil e Itália por causa do asilo político que Tarso Genro e Lula — e aparentemente só eles — decidiram conceder a Cesare Battisti.

O caso é sério e delicado, como diz mestre Alberto Helena Jr, hoje, em seu blog. Muito já foi dito sobre o tema, e pouco a favor da decisão do governo brasileiro.

Mas os textos que considero mais significativos sobre o caso, contudo, são os de Mino Carta. Um deles, escrito antes mesmo de a decisão de Genro ser anunciada oficialmente. Outro, escrito mais recentemente, repercutindo matéria de capa da Carta Capital.

Por que os textos são os mais significativos sobre o caso? Não só porque a Carta Capital tratou do tema logo que Battisti colocou os pés no Brasil.  Não porque seu editor, por razões óbvias, conhece bem os temas ligados à Itália. Mas principalmente porque, a gente sabe, a revista não é exatamente uma das opositoras mais ferrenhas do Governo Lula.

Convenhamos: se até Mino e a sua Carta pensam assim…

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 27 de março de 2008 azzurra, Sem categoria | 13:16

espanha 1 x 0 itália

Compartilhe: Twitter


O gol de Villa: se fosse na trave, o Buffon pegava… (Reuters)

Por enquanto, serei breve. Se conseguir um tempinho volto depois para falar mais do jogo, combinado?

O tom da imprensa italiana após a derrota por 1 x 0 para a Espanha foi de lamentação pelo gol mal anulado de Luca Toni e pela bola na trave e o gol perdido por Camoranesi. Mas a Gazzetta dello Sport, pelo menos, classificou como “merecida” a vitória dos espanhóis. As notas do jornal para as duas seleções foram as seguintes.

ITÁLIA
Buffon 6, Panucci 6,5 (Zambrotta 5), Cannavaro 6, Materazzi 5,5 (Barzagli 6) e Grosso 6,5 (o melhor); De Rossi 5,5 e Pirlo 6 (Gattuso 5,5); Camoranesi 6,5, Perrota 5 (Aquilani 5) e Di Natale 6; Toni 6 (Boriello 5). Técnico: Donadoni 5.

ESPANHA
Casillas 6, Sérgio Ramos 5,5 (Arbeloa s/n), Puyol s/n (Albiol 6), Marchena 6 e Capdevilla 6; Marcos Senna 6 (Xabi Alonso 6), Iniesta 6,5, Fábregas 6,5 (Luis Garcia 6), Xavi 6,5 e Silva 5,5 (Riera 6); Fernando Torres 6,5 (David Villa 7, o melhor). Técnico: Aragones 6

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 azzurra, Sem categoria | 17:38

agora, sobre a itália

Compartilhe: Twitter

Elogios e mais elogios. É só o que se lê na imprensa italiana sobre o time que derrotou Portugal por 3 x 1, ontem, em Zurique.

Como já disse, não consegui ver o jogo. Mas impressiona, quando o assunto é seleção, como a imprensa italiana se deixa levar pelo resultado. Não sei se é o caso, mas é só uma constatação genérica.

No Brasil somos mais críticos com a seleção, mas, quando o assunto é clube, talvez por medo de desagradar as torcidas, somos bem mais complacentes: o resultado é determinante para o tom das críticas.

Agora, como eu tinha prometido, as notas do Corriere della Sera para os jogadores de Italia 3 x 1 Portugal (Toni, Cannavaro e Quagliarella para os italianos; Quaresma para Portugal).

ITÁLIA
Amelia 6,5
Oddo 6,5 (Cassetti s/n)
Cannavaro 7
Barzagli 6,5 (Gamberini 8)
Zambrotta s/n (Grosso 6)
De Rossi 6 (Perrotta 6)
Palladino 6 (Quagliarella 6)
Pirlo 8
Ambrosini 6,5
Di Natale 7
Toni 6,5
T. Donadoni 7

PORTUGAL
Ricardo 6,5
Bosingwa 5,5 (José Ribeiro 5,5)
Ricardo Carvalho 5
Bruno Alves 5
Caneira 5 (Paulo Ferreira 5,5)
Maniche 6 (Raúl Meireles 5,5)
Petit 5 (Fernando Meira 5,5)
Quaresma 6,5 (o que os grandes clubes estão esperando para tirá-lo de Portugal?)
Deco 6 (Nani 5)
Cristiano Ronaldo 5,5
Makukula 5 (Hugo Almeida 5)
T. Felipão 5,5

Autor: Tags: ,

terça-feira, 22 de janeiro de 2008 juventus, Sem categoria | 16:58

juventus no brasil

Compartilhe: Twitter

Engana-se quem acha que morreu a história de a Juventus vir enfrentar o Palmeiras, como foi divulgado na ocasião do anúncio do patrocínio da Fiat ao clube do Parque Antártica — como se sabe, a empresa “sustenta” a Juve.

Há cerca de uma semana, pessoa muito ligada à diretoria alviverde me disse que são grandes as chances do jogo rolar. Otimistas, os palmeirenses crêem que o confronto deve ocorrer em agosto, como parte da pré-temporada do time de Turim.

É esperar para conferir. E, depois, se o confronto for confirmado, esperar mais um pouco para saber quem vem.

Autor: Tags: , ,