Publicidade

Posts com a Tag catania

domingo, 1 de março de 2009 campeonato italiano, vídeos | 19:26

O golaço e a nossa parte

Compartilhe: Twitter

“Que gol! Mascara melhor que Maradona e Beckham! Esse é um gol que fará o giro pelo mundo! Esse gol será visto até em Tonga!”. Assim o narrador da Sky italiana descreveu o golaço de Giuseppe Mascara nos supreendentes 4 x 0 para o Catania no clássico siciliano contra o Palermo. Entenda o motivo:

Para ver o gol com uma imagem um pouco melhor, mas sem a narração, clique aqui.

Se já chegou em Tonga, eu não sei. Mas nossa parte tá feita. Depois, ainda hoje ou amanhã, mais sobre a rodada e o espetacular clássico entre Inter e Roma.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 17 de novembro de 2008 fora dos campos, opinião, vídeos | 17:17

A briga pública de Zenga

Compartilhe: Twitter

Eu bem que tento falar dos jogos. Mas, apesar do equilíbrio, o futebol italiano tem estado bem mais divertido fora de campo nas últimas semanas.

Eles até já fizeram as pazes, mas ainda assim eu quero registrar aqui, com outro vídeo, a briga entre Walter Zenga, técnico do Catania, e o jornalista da RAI Enrico Variale.

Em linhas gerais, o problema foi o seguinte: semana passada, após o jogo do Catania, Zenga recusou-se a dar entrevistas. Calou-se, lançando mão do famoso “silenzio stampa”, aquele mesmo que, dizem alguns, garantiu o título da Copa de 1982 aos italianos.

Não era, no caso, boicote a nenhuma TV específica. Zenga não queria falar com ninguém.

Enrico Varriale, na RAI, atacou o técnico com a seguinte frase: “Zenga não pode se esquecer que a Rai o tirou de um certo esquecimento e lhe propôs uma função de apreciado comentarista”.

Pelo que entendi, errou na critica: criticar Zenga por não dar entrevistas faria sentido. Não só porque há patrocinadores que pagam aos clubes para aparecer nestas coletivas, mas porque na Itália é muito respeitado o direito que tem o torcedor de ouvir um representante do time após os jogos.

Mas o tal do Varriale queria que a RAI tivesse privilégios por ter um dia empregado Zenga. Ele queria que o técnico do Catania retribuísse o fato de a TV ter encerrado com seu suposto “esquecimento”. Tsc tsc tsc…

O fato é que Zenga não gostou e, neste domingo, deu as caras no programa de Varriale. Pediu-lhe que não falasse pelas costas e que “pensasse na sua família”. Não acho que Zenga estivesse ameaçando bater na vovó do jornalista, mas a frase não pegou bem. “Cuidado com as ameaças que faz”, respondeu Varriale.

O resultado é que ambos foram mal. Varialle quase levou uma bronca no ar. Zenga, mesmo depois de ter feito as pazes, tomou um pito público do presidente de Catania e ainda será multado.

Se somarmos toda a polêmica com a “jogada ensaiada” do último post, dá pra concluir que Zenga está aos poucos se juntando a Cassano e Mourinho como os grandes personagens do futebol italiano… o que não necessariamente tem a ver com o esporte.

Autor: Tags: , ,

campeonato italiano, fotos, vídeos | 12:02

Baixando a guarda!

Compartilhe: Twitter

Hoje não faltam temas para o blog. Mas um deles, mais que o derby de Roma, a liderança da Inter, a vitória sem vergonha do Milan ou a convocação da Azzurra, merece prioridade absoluta por aqui. Refiro-me à seguinte notícia que acabamos de receber da Agência Estado:

Lance inusitado causa polêmica no Campeonato Italiano
Jogadores do Catania ficaram com os calções abaixados para distrair o goleiro da Torino em cobrança de falta

ROMA (Itália) – Um lance da partida entre Catania e Torino, pela 12ª rodada do Campeonato Italiano, é a polêmica do momento no futebol do país. Em uma cobrança de falta a favor do Catania, três jogadores do clube baixaram os calções em frente ao goleiro rival, afim de dificultar sua visão. A tática deu resultado, e Giuseppe Mascara marcou o segundo gol da equipe, na vitória por 3 a 2.

Nesta segunda-feira, Pietro Lo Monaco, dirigente do Catania, defendeu a tática inovadora. “É uma estratégia que Zenga [técnico do time] vem testando continuamente nos treinamentos”, afirmou, durante debate em uma rádio italiana.

Paolo Casarin, ex-coordenador dos árbitros italianos, discordou, chamando a medida de “uma trapaça antidesportiva e de mau gosto”. Ao que Lo Monaco respondeu: “Trapaça? Eu não chamaria assim. Cabe ao árbitro decidir se os atletas devem ser penalizados. E bom gosto é uma coisa relativa.” “

Assista ao lance no vídeo abaixo:

Ficou na dúvida sobre o que aconteceu? Então tá. Veja a foto (AP):

Vai, agora comentem. Vou deixar essa parte com vocês.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 8 de outubro de 2008 entrevistas | 11:31

O Mister e o Palestra

Compartilhe: Twitter

Tenho que registrar aqui alguns trechos da boa entrevista do jornalista Bruno Vicari, da rádio Jovem Pan, com o ex-goleiro e hoje técnico da Catania Walter Zenga. Foi, no mínimo, surpreendente.

Se Zenga conhece mesmo os jogadores do Palmeiras, é difícil dizer. Mas é preciso esclarecer que esse “desejo” ele já havia manifestado para a própria imprensa italiana. Do quê, podemos supor, a idéia não era fazer média com a imprensa brasileira. 

A frase
“Todos dizem que gostariam de dirigir o Real Madrid e o Manchester, mas eu gostaria de ir ao Brasil treinar o Palmeiras.”

Por quê?
“Não sei, provavelmente porque o Palmeiras é o time mais italiano. Tem origens italianas. E eu tenho amigos como José Altafini e Darwin Pastorin, pessoas que sempre tiveram uma ligação com o Palmeiras. Talvez eu seja atraído pelo Palmeiras também porque o time tem goleiros fortes, e como eu fui goleiro… Quando você é garoto sempre simpatiza com um time, e eu era simpatizante do Palmeiras. Quando posso, assisto. Se  passa um jogo do Brasileiro que tem o Palmeiras, eu vejo.”

Conhece o time atual?
“Eu conheço, mas, como sou técnico de um time da Série A, qualquer nome que eu dissesse acabaria sendo um problema.”

E o atual técnico, Vanderlei Luxemburgo?
“Eu o conheço e vi algumas coisas interessantíssimas que ele faz nas bolas paradas.”

Pretende vir assistir a um jogo aqui?
“Quando tiver uma pausa, vou certamente ver um pouco de jogos no Brasil, onde nunca estive. Mas o fato de eu simpatizar pelo Palmeiras não quer dizer nada. O time tem um ótimo técnico e portanto ele continuará.”

Para ouvir a entrevista completa, clique aqui.

Autor: Tags: , , ,