Publicidade

Posts com a Tag cicinho

terça-feira, 26 de janeiro de 2010 copa da itália, jogadores, roma | 20:13

Cinco curtas

Compartilhe: Twitter

derossi* A Roma está nas semifinais da Copa da Itália depois de bater o Catania por 1 x 0. Gol de De Rossi (foto AP), que, como de costume, quando Totti não joga, sobra no time da capital. Time que não contará com Luca Toni por pelo menos um mês e que por isso, como ficou claro hoje, volta a precisar de um centroavante — Okaka até ajeitou para o gol de De Rossi, mas…

* Cicinho, pretendido pelo São Paulo, estava no banco. Não parecia tão infeliz como dizia estar: foi um dos que mais vibrou com o gol de De Rossi. O que condiz com a informação publicada hoje pelo diário Lance!, segundo a qual Cicinho não estaria disposto a reduzir seu salário para jogar por aqui. Aliás, Motta, titular da lateral-direita no jogo de hoje, está perto do Manchester City, segundo jornais ingleses. Será que, se o perder, a Roma realmente liberaria o brasileiro? Parece improvável.

* Materazzi, da Inter, ligou para Silvio Berlusconi para “esclarecer” o fato de ter comemorado a vitória no derby com uma máscara do primeiro ministro italiano. O dono do Milan, segundo a Gazzetta dello Sport, compreendeu e disse não ter visto maldade no gesto do polêmico zagueiro. De fato. Foi uma piada (engraçada) e só. Mas Materazzi acabou punido com um cartão amarelo pelo gesto: punido pelo tribunal, não pelo árbitro.

* Como de costume, apesar da vitória, não foram leves as frases de José Mourinho acusando a arbitragem de favorecer o Milan no derby de domingo. Reclamou, entre muitas coisas, do pênalti para o Milan. Segundo o português, “Ronaldinho tinha grandes chances de acertar. Afinal, é um batedor experiente: tem um pênalti por semana para bater…”

* Depois de tanta propaganda que fiz para Antonio Cassano, da Sampdoria, seria canalhisse não citar sua má fase por aqui. Má fase que o tirou até do banco do último jogo e que, provavelmente, o tiraria também dos próximos. Hoje, diz a Samp, Cassano se machucou. E assim o motivo de sua ausência nas próximas partidas será outro…

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 12 de maio de 2009 jogadores | 13:10

Os piores brasilianos

Compartilhe: Twitter

Vamos à coluninha de hoje (em versão estendida) do Jornal Placar.

O Brasil que dá errado

Semana passada, já em clima de fase final de campeonato (decidido), usamos este espaço para eleger os 10 principais brasileiros do Italiano. Como o panorama não mudou, faremos agora o inverso, escolhendo os 10 que, de um jeito ou de outro, deixaram seus torcedores a ver navios. Vamos a eles:

1) Adriano (Inter):
Como a paciência do clube parecia infinita, ele mesmo tratou de pedir o boné, consolidando a queda definitiva de seu “império” em Milão;

2) Ronaldinho (Milan):
No início, até lembrou o velho jogador do Barcelona. Rapidinho, porém,voltou a ser o Ronaldinho da seleção. Temporada decepcionante, tanto que sua saída já é cogitada;

3) Mancini (Inter):
No início da temporada, era para ser um dos principais reforços do time de José Mourinho. Virou um reserva pouco prestigiado;

4) Emerson (Milan):
Em sua segunda temporada pelo time de Milão, apesar da lesão de Gattuso, atuou apenas em mais 12 joguinhos (a maioria entrando do banco) e anunciou seu adeus. Não deixará saudades;

5) Doni (Roma):
Na temporada passada foi um dos destaques do torneio, chegando a ser convocado para a seleção. Neste ano, falhou bem mais e passou a ser um goleiro discutido para o próximo Italiano;

6) Kerlon (Chievo):
Mais uma vez, sofreu com lesões. Mas para quem esperava muitos malabarismos…. Foram só três jogos do Foquinha no Italiano, todos saindo do banco;

7) Coelho (Bologna):
No início do ano, o lateral-direito disse “não” ao Palmeiras porque se diz feliz na Itália. Mas jogos como titular pelo ameaçado time de Bolonha foram só dois;

8) César (Bologna):
Está definitivamente em decadência. Lembrou muito mais os recentes tempos de Internazionale do que os bons momentos de destaque na Lazio;

9) Cicinho (Roma):
Para quem chegou com status de superstar, recebido por centenas de torcedores no aeroporto do Roma, deixou a desejar (e ainda criou algumas confusões);

10) Dida (Milan):
Quando Abbiati se machucou, viu uma pequena chance de voltar a ser titular da equipe. Mas… logo voltou ao banco, de Kalac, que foi o primeiro titular do ano e também havia deixado a posição por causa de lesão.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de novembro de 2008 inter, jogadores, roma | 23:06

Laterais italianos

Compartilhe: Twitter

Não que o Maicon tenha comido a bola no jogo contra Portugal. Mas que bom que fez um golaço e participou da jogada de outro.

Porque confesso ter ficado surpreso quando a enquete do iG Esporte, com mais de 54 mil votos, apontou que os internautas gostariam de ver o Cicinho na lateral-direita da seleção (uma das poucas divergências que têm do Dunga)!

Sinal de que o pessoal não tem visto muito jogo da Internazionale, onde joga o Maicon. E, aliás, nem da Roma, do Cicinho.

E, pra encerrar, me pergunto se o Moutinho (ops, Mourinho) gostou ou não do gol do Adriano no fim do jogo. O atacante, pela entrevista que deu após a partida, parece que cogita mesmo voltar já para o Brasil. Ou seja, desistiu. Triste, triste…

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 15 de setembro de 2008 campeonato italiano, inter, juventus, milan, roma | 16:39

Repercussão da rodada

Compartilhe: Twitter

Voltei. Tarde e tendo visto só os melhores momentos dos jogos. Então, vou deixar aqui a repercussão italiana sobres os principais jogos da 2º rodada — Amauri entre os melhores, Ronaldinho entre os piores. É mais honesto que comentar. E os comentários ficam por conta de quem conseguiu assistir ao jogos completos, certo? Alguém aí?

PALERMO 3 x 1 ROMA
O melhor em campo: Miccoli, nota 8 segundo a Gazzetta dello sport (e na Roma, de novo, Doni foi ‘o melhor’. Sinal de que há mesmo algo errado na capital)
As decepções: Pizarro e Cicinho — o brasileiro deve inclusive perder a vaga para Cassetti no jogo da Liga dos Campeões, contra o Cluj, nesta terça.
O que repercutiu: O fato de que o jogo, é bom lembrar, marcou a estréia da Davide Ballardini no Palermo. Aquele mesmo técnico que pegou o Cagliari quase rebaixado e o salvou com uma brilhante campanha no segundo turno do último Italiano. É o treinador italiano da hora.

INTER 2 X 1 CATANIA
O melhor em campo:
O estreante Quaresma (Maicon e Materazzi também foram muito elogiados)
A decepção: Figo, de novo. E a boa entrada de Mancini deve fazer com que o veterano português vá para o banco logo logo.
O que repercutiu: As declarações de Mourinho, que disse “O resultado justo seria 5 x 1 para a Inter. Porque, se eu estivesse no gol no lugar do Júlio César, não faria diferença nenhuma”.

GENOA 2 X 0 MILAN
O melhor em campo:
Diego Milito, claro, numa ótima reestréia pelo Genoa. Um gol e assistência para o outro, de Sculli.
As decepções: No Milan, são tantas… Principalmente Ronaldinho e Shevchenko, respectivamente “parado” e “enferrujado” segundo o Corriere della Sera.
O que repercutiu: As declarações de Adriano Galliani e Silvio Berlusconi, garantido a permanência de Ancellotti. E os possíveis motivos da crise milanista: falta de preparação adequada (segundo Ancelotti e alguns comentaristas), contratações equivocadas (segundo torcedores) ou esquema tático ineficiente (“para jogar com três atacantes é preciso que o resto do time corra demais”, disse adversário zagueiro ‘genovês’ Ferrari — que, acreditem, foi bem)

JUVENTUS 1 x 0 UDINESE
Os melhores em campo: Camoranesi e Amauri, que ainda mereceu rasgados elogios do técnico Claudio Ranieri depois do jogo. “Ele se encaixa bem com qualquer outro atacante (leia-se Iqauinta, Trezegute e Del Piero). é o jogador que nos faltava”, afirmou. 
A decepção: Quagliarela. Pra quem foi cogitado para jogar na Juve…
O que repercutiu: A boa atuação de Chiellini, que se recuperou em tempo recorde de uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo. E assim vai se firmando como o melhor zagueiro italiano da atualidade.

NAPOLI 2 x 1 FIORENTINA
O melhor em campo: Na Fiorentina, vale citar, foi Gilardino. Mas em campo foi Ezequiel Lavezzi. Alguém viu a jogada dele no primeiro gol do Napoli? Se não, vou tentar colocar o vídeo aqui em breve (quando minha conexão com o Youtube permitir).
A decepção: O lateral-direito Zauri, recém-contratado pela Fiorentina.
O que repercutiu: As manifestações das ‘torcidas organizadas’ do Napoli, que protestaram contra a punição de não poder mais viajar para jogos fora de Nápoles (por causa das confusões criadas no último fim de semana, em Roma) e deixaram vazias as curvas do estádio San Paolo. Uma punição que quase só afeta aos próprios patetas. Um ótimo protesto.

Só para registro, os outros resultados:
Lazio 2 x 0 Sampdoria (e o argentino Zarate é o novo queridinho da torcida romana), Lecce 2 x 0 Chievo, 
Reggina 1 x 1 Torino, Siena 2 x 0 Cagliari e Bologna 0 x 1 Atalanta.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,