Publicidade

Posts com a Tag lesões

sexta-feira, 9 de abril de 2010 campeonato italiano, jogadores | 10:44

Problema médico

Compartilhe: Twitter

Pato: vai e volta de lesões jogando pelo Milan

Não fosse o surpreendente fiasco dos até ontem badalados times ingleses e a convincente classificação da Internazionale para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o alarde sobre a crise do futebol italiano seria bem maior. A crise, contudo, segue aí, comprovada pela iminência de o futebol tetracampeão do mundo perder uma vaga para a Alemanha no principal torneio da Europa— para a Liga de 2011-12, a situação é quase irreversível.

Os motivos da crise? Vários são elencados pela imprensa italiana, desde o domínio dos Ultras (as torcidas organizadas de lá) nos estádios, passando pelos comprovados casos de corrupção de árbitros ou dirigente e chegando ao alto percentual de impostos cobrados dos salários dos jogadores, o que dificultaria a contratação de estrelas do exterior.

Em outro motivo, porém, pouco se fala: a incompetência dos departamentos físicos e médicos dos principais clubes italianos como Milan, Roma e Juventus. Totti, Pato, Nesta, Del Piero… Não são poucos os exemplos pontuais, assim como é constante haver um grande número de desfalques por questões médicas e/ou físicas destas equipes, em qualquer jogo. O problema tem reflexo no Campeonato Italiano, claro, mas sobretudo nas competições continentais, onde as lesões dos times não se “equivalem” com as dos adversários. 

O melhor exemplo, porém, talvez seja a base da seleção italiana “ideal” na cabeça de Marcelo Lippi. Vejamos: Buffon, Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Grosso, Camoranesi, De Rossi, Marchisio, Pirlo, Totti e Iaquinta. Só mesmo a Itália conta com um time-base do qual 5 dos 11 “titulares” tem perdido ou perderam grande parte da temporada por lesão. É que, na Itália, estar machucado tem sido a regra, não a exceção.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 31 de março de 2009 copa do mundo, inter, jogadores, juventus | 17:45

Júlio x Buffon e a zica das Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

Qualquer um que acompanhe bem futebol sabe que ainda é impossível comparar a carreira de Júlio Cesár com a de Buffon. Afinal, entre os goleiros em atividade, o italiano é provávelmente o melhor do mundo se considerarmos as carreiras completas, as conquistas e a qualidade técnica dos concorrentes.

Hoje, contudo, nem mesmo os italianos discutem que é Júlio César o melhor goleiro, se não do mundo, pelo menos do futebol italiano. É só dar uma olhadinha na enquete da Gazzetta dello Sport, que já recebeu maid de 24 mil votos e coloca o brasileiro com enorme vantagem sobre Buffon. Valia o registro:

Quanto à rodada das Eliminatórias desta quarta, se tomarmos por base os jogos do último fim de semana é bom os torcedores dos times italianos prepararem sua torcida não apenas pela Azzurra, mas também nas partidas das outras seleções que entram em campo pelo planeta. Porque a zica não está pequena…

A Inter perdeu Maicon, a Udinese ficou sem Di Natale, o Genoa não deve ter Milito tão cedo e o Napoli pode não contar com Lavezzi. Não são quaisquer desfalques, são alguns dos principais jogadores desses times. E aí fico imaginando como reagiram Carlo Ancelotti e Adriano Galliani ao saber que o departamente médico da CBF liberou Kaká para enfrentar o Peru… mas sai pra lá, zica!

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008 milan, Sem categoria | 12:02

ruim para pato, pior para o milan

Compartilhe: Twitter

Deu mesmo pena de Pato. O garoto entra, decide (foi seu quatro gol em menos de seis jogos!) e aí deixa o campo daquele jeito, chorando e tendo que abrir mão de sua primeira convocação à seleção. Mas Pato vai voltar — estimativas iniciais falam em 15 dias — a jogar e a encantar logo logo. Pouco mudará para ele.

Para o Milan, porém, esse período de três jogos do Italiano sem o garoto que tem feito a diferença (para o bem) pode fazer a diferença (para o mal). Até porque, vejam só os últimos parágrafo da matéria que acabamos de publicar no iG a respeito da volta de Pato:

“A lesão de Pato ganha dimensão ainda mais grave para o Milan porque o time já não pode contar, por problemas físicos, com Ronaldo e Inzaghi, dois de seus atacantes. Contra o Siena, Gilardino está suspenso e Kaká (que levou uma pancada no joelho e também foi cortado da seleção) ainda é dúvida.

Dessa forma, se quiser escalar um atacante contra o Siena, o técnico Carlo Ancelotti poderá ter que optar entre três nomes que ainda não jogaram sequer uma vez neste Campeonato Italiano: o francês Aubameyang, o italiano Paloschi ou o nigeriano Umunegbu.”

E assim, não preciso explicar, o Milan periga perder o embalo dessa ótima recuperação que vem tendo em busca da vaga na Liga. Porque a pergunta do colunista Alessandro de Calò, na primeira página da Gazzetta desta segunda, faz sentido: “E se Pato tivessse chegado antes?”

E agora, Dida?
Só para registrar: apesar de Pato, o goleiro australiano Kalac, que pela primeira vez deixou Dida no banco, foi eleito pela Gazzetta o melhor em campo contra a Fiorentina. Nota 7,5.

Autor: Tags: , ,