Publicidade

Posts com a Tag macheda

quinta-feira, 16 de abril de 2009 copa da uefa, jogadores | 19:43

Uefa, Diego, Machedamania

Compartilhe: Twitter

Então, nobres colegas, pela ordem:

Uefa
Pois é…. Como previa Pai Oddi, foi-se também a Udinese, última esperança italiana nas Copas Europeias. Como a eliminação depois do empate por 3 x 3 foi para o Werder Bremen e como o Hamburgo também passou às quartas da Uefa, a cada dia aumentam as chances de que, na Liga dos Campeões de 2010-11, tenhamos quatro alemães e apenas três italianos. As contas, como já disse, são bem cabeludas. E por isso mesmo vou esperar que a imprensa italiana as divulgue (como a situação está apertando isso logo deve acontecer) para repassar a vocês.

Diego
Não vi o segundo tempo do jogo. Soube, depois, que Diego perdeu um pênalti. Mas isso não quer dizer nada, ao passo que seu golaço no primeiro tempo, com certeza, quer dizer muito para a Juventus — de onde, aparentemente, o meia está cada vaz mais perto. Hoje, a coluna do amigo Sebastiano Vernazza na Gazzetta dello Sport enche a bola do brasileiro. Dizia o texto que, se Diego não jogasse, a Udinese teria alguma chance. Os italianos estão mesmo encantados com Diego — mais do que qualquer brasileiro e tanto quanto os alemães.

Machedamania
Eu disse aqui que a palavra “Macheda” era a que mais vinha trazendo gente do Google para este blog recentemente, lembram? Então resolvi verificar como foi o resultado de buscas por Macheda nos últimos 12 meses, comparando seu nome com estrelas bem maiores como Del Piero, Totti e Ibrahimovic. Vejam o impressionante resultado no gráfico abaixo (até este ano, obviamente, macheda nem aparecia no gráfico):

Reprodução Google

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 14 de abril de 2009 campeonato italiano, jogadores, liga dos campeões, Sem categoria | 18:10

Recuperando

Compartilhe: Twitter

Depois de um breve mas revigorante feriadinho, vou dar uma repassada em alguns temas que deixei passar. Por tópicos e com uma boa dose de pessimismo, se me permitem.

As previsões
Primeiro, é bom que eu diga antes que alguém o faça: sim, eu sei que Pai Oddi errou quase todas as previsões de pontuação da primeira rodada no exercício de futurologia do post abaixo. Mas, convenhamos, o erro uniforme equilibrou as coisas. E a rodada, assim como as previsões, serviram pra reforçar a tese de que quase nada deve mudar até o fim do Italiano. Mantém-se, inclusive, a grande chance do Genoa jogar a Liga, o que não é nada bom para o calcio — pois seu desempenho não dever ser muito superior ao que foi, por exemplo, o da Udinese recentemente.

De novo?
Volto de viagem para dar uma passada geral na rodada dos campeonatos europeus e eis que descubro que ele, Macheda, novamente garantiu a vitória do Manchester no Campeonato Inglês. De novo com um gol marcado depois de pouco tempo em campo. De novo o gol decisivo. Verdade que dessa vez não foi um gol bonito como o anterior (talvez um cone em seu lugar tivesse o mesmo efeito). Mas o fato é que, chegue Macheda onde chegar, ele já garantiu quatro pontos para o Manchester nesse Campeonato Inglês — pontos que, muito provavelmente, serão decisivos para definir o título caso o Manchester o conquiste.

E como a busca por “Macheda” é a que mais traz gente do google para este blog, saciarei a curiosidade dos leitores colocando também o seu segundo gol por aqui:

Maldição azzurra
Não sei se vocês repararam, mas nos quatro confrontos das quartas-de-final da Liga havia (ou há) apenas um dos adversários com jogadores italianos. O Liverpool tinha Dossena, e já caiu contra o Chelsea nesse confrontinho meia-boca de 12 gols. O Bayern tinha Toni (olhem, aí do lado, o estilão dele no jogo de hoje) e Oddo, e desabou diante do Barça. Amanhã o Manchester, que tem Macheda e Petrucci, e o Villareal, que tem Giuseppe Rossi, que se cuidem. Porque eles já saíram atrás nos jogos de ida. E com a “maldição italiana” solta nas copas européias… 

Que clássico…
A Inter, líder do Italiano, e a Juventus, vice-líder, se enfrentam no próximo fim de semana. Mas é tão grande a falta de perspectiva em torno de qualquer emoção que possa vir a ter a briga pelo título italiano que a capa da Gazzetta dello Sport de hoje traz como destaque o clássico que os dois times devem travar, nos próximos meses, fora de campo: porque ambos, segundo o jornal, estão interessados em Milito, Hamsik, Diego, Kjaer e Quagliarella. Nestas disputas, pelo menos, não se sabe quem vai levar a melhor no fim das contas.    

A sobrevivente
Amanhã tem Udinese na Copa da Uefa. Depois de perder Di Natale, machucado, e ser derrotada por 3 x 1 pelo Werder Bremen, na Alemanha, me parece pouco provável que o time italiano consiga avançar às semifinais da competição. Mas, como vocês puderam comprovar no primeiro item deste post, nem sempre o que “me parece” acontece. ; )

Autor: Tags: , , , ,