Publicidade

Posts com a Tag vagas na liga

sexta-feira, 9 de abril de 2010 campeonato italiano, jogadores | 10:44

Problema médico

Compartilhe: Twitter

Pato: vai e volta de lesões jogando pelo Milan

Não fosse o surpreendente fiasco dos até ontem badalados times ingleses e a convincente classificação da Internazionale para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o alarde sobre a crise do futebol italiano seria bem maior. A crise, contudo, segue aí, comprovada pela iminência de o futebol tetracampeão do mundo perder uma vaga para a Alemanha no principal torneio da Europa— para a Liga de 2011-12, a situação é quase irreversível.

Os motivos da crise? Vários são elencados pela imprensa italiana, desde o domínio dos Ultras (as torcidas organizadas de lá) nos estádios, passando pelos comprovados casos de corrupção de árbitros ou dirigente e chegando ao alto percentual de impostos cobrados dos salários dos jogadores, o que dificultaria a contratação de estrelas do exterior.

Em outro motivo, porém, pouco se fala: a incompetência dos departamentos físicos e médicos dos principais clubes italianos como Milan, Roma e Juventus. Totti, Pato, Nesta, Del Piero… Não são poucos os exemplos pontuais, assim como é constante haver um grande número de desfalques por questões médicas e/ou físicas destas equipes, em qualquer jogo. O problema tem reflexo no Campeonato Italiano, claro, mas sobretudo nas competições continentais, onde as lesões dos times não se “equivalem” com as dos adversários. 

O melhor exemplo, porém, talvez seja a base da seleção italiana “ideal” na cabeça de Marcelo Lippi. Vejamos: Buffon, Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Grosso, Camoranesi, De Rossi, Marchisio, Pirlo, Totti e Iaquinta. Só mesmo a Itália conta com um time-base do qual 5 dos 11 “titulares” tem perdido ou perderam grande parte da temporada por lesão. É que, na Itália, estar machucado tem sido a regra, não a exceção.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

sábado, 14 de março de 2009 juventus, liga dos campeões, roma, vídeos | 21:46

A Liga, o apoio e os vídeos

Compartilhe: Twitter

Muito bem. Depois do duro golpe que o calcio levou durante a semana, estou de volta. Não ainda para tratar da rodada do Campeonato Italiano, pelo qual a Juve, umas horinhas atrás, mostrou que não se abalou com a eliminação da Liga e meteu 4 x 1 no Bologna. Quero, antes de voltar ao Italiano, fazer um rescaldo sobre as eliminações de Inter, Roma e Juventus.

Porque, se antes a minha frase de que a “Udinese é a Itália nas copas europeias” parecia piada, hoje ela é muito séria. Afinal, pode depender do desempenho do time de Udine no resto da Copa da Uefa (bater o Zenit por 2 x 0 na quinta foi um bom começo) para a Itália continuar como terceiro país no ranking da Uefa e continuar contando com quatro vagas na Liga dos Campeões de 2011-12.

As contas ainda são complexas, e por isso nem mesmo a Gazzetta dello Sport as fez. Mas sabe-se que a Itália terá descartados nesse ranking, a partir de agosto, os resultados da temporada 2004-05, quando os países da Bota foram bem. E terá somados, no lugar, os pífios resultados desta temporada.

Assim, as chances de a Itália perder uma posição no ranking (e uma vaga na Liga!) para a Alemanha não são desconsideráveis.

Pior que este blog estava pronto para declarar seu apoio ao Blog do Alemão, frustrando assim as enormes expectativas do Thank God for Footbal e do Buela de Capotón para o resto da Liga. Tínhamos até encontrado um vídeo divertido para explicar o apoio, espiem só:

Só que agora, se o Bayern for muito bem (o mesmo vale para Hamburgo e Werder na Copa da Uefa, cujo peso no ranking é igual), periga este blog perder a já modesta importância que tem. Diante disso, estamos estudando a possibilidade de declarar um novo apoio, o que só deve ocorrer após o sorteio do dia 20, que definirá as quartas-de-final da Liga.

Por fim, encerrando o capitulo Champions, eu não queria relembrar momentos amargos para a torcida da Roma — que afinal está de bem com o time, como mostrou a calorosa recepção dos torcedores aos jogadores neste sábado. Mas como o Spaletti foi deixar o Vucinic bater aquele pênalti depois de ter gravado este comercial aqui:

Hein, alguém me explica, como?

PS: Depois, além da rodada, ainda temos que falar das trocas de farpas entre Mourinho e Ancelotti e, mais legal ainda, entre Trezeguet e Ranieri. A Liga “acabou”; os temas, não.

Autor: Tags: , , , , ,